273 322 143

2

Unidade de Cuidados

Continuados Integrados

A abertura da Unidade de Cuidados Continuados Integrados (UCCI), em Setembro de 2014, veio alterar por completo o panorama dos cuidados de saúde no distrito de Bragança. A sua existência veio colmatar uma lacuna na área da saúde, não só no concelho de Bragança como em toda a zona norte do distrito, proporcionando uma recuperação mais perto da área de residência aos doentes que necessitem de cuidados de saúde especializados.

Atualmente, a Unidade impõe-se pela qualidade dos seus serviços, fazendo a diferença nos cuidados de saúde não só no nordeste transmontano, mas também no país, pelo reconhecimento do seu trabalho.

Objetivos

A UCCI, a maior do distrito, é constituída por duas unidades de internamento, que têm como objetivo a prestação de cuidados de saúde e de apoio social, decorrente da avaliação conjunta, centrado na recuperação global entendida como o processo terapêutico e de apoio social, que visa promover a autonomia melhorando a funcionalidade da pessoa em situação de dependência, através da sua reabilitação, readaptação e reinserção familiar e social.

5

Promover autonomia

5

Promover a reabilitação/readaptação

5

Reintegração das pessoas idosas e cidadãos em situação de dependência

5

Reforçar a participação e co-responsabilização dos seus familiares no processo de cuidados do utente

Missão

A Missão da Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Bragança (UCCIB) é, prestar serviços diferenciados de saúde e sociais orientados para o bem-estar e qualidade de vida dos utentes, numa perspetiva bio-psico-social.

Visão

Promover resposta social e de saúde forma sustentada, integrada numa rede de parceiros sociais e outras partes interessadas que, em sintonia, antecipem necessidades e expectativas com vista à sua satisfação dos utentes.

Valores

5
Humanização dos cuidados
5
Ética assistencial
5
Qualidade e eficiência
5
Envolvimento da família
5
Continuidade e proximidade de cuidados
5
Rigor e transparência
5
Responsabilização
5
Multidisciplinaridade e interdisciplinaridade

FAQ´s

Quem tem direito aos cuidados continuados integrados?

A Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI) pretende implementar um modelo de prestação de cuidados adaptado às necessidades do cidadão e centrado no utente.

O objetivo geral da RNCCI é a prestação de cuidados integrados a pessoas que, independentemente da idade, se encontrem em situação de:

a) Dependência que os impossibilite de desenvolver as atividades instrumentais e básicas da vida diária, na sequência de episódios de doença aguda e ou com presença de síndromes geriátricos, nomeadamente, desnutrição, deterioração cognitiva, problemas sensoriais;

b) Doença crónica, com episódios frequentes de reagudização e que necessitem de seguimento e acompanhamento prolongados, nomeadamente, doença pulmonar obstrutiva crónica, doença neurodegenerativa, insuficiência cardíaca, diabetes, hepatopatia;

c) Doença grave, progressiva e incurável, sem possibilidades de resposta favorável a um tratamento específico, com sintomas intensos, múltiplos, multifatoriais e instáveis, com prognóstico de vida limitado e que provoca um grande impacto emocional ao doente e família;

d) Necessidade de continuidade de tratamentos que contribuam para a reabilitação na sequência de episódio de doença aguda ou manutenção preventiva de agudizações;

e) Internamento por dificuldade de apoio familiar ou necessidade de descanso do principal cuidador.

Quais os critérios de referenciação?

Para Unidade de Média Duração e Reabilitação, a situação de dependência que, na sequência de uma doença aguda ou reagudização de doença crónica, em período previsível de 30 dias a 90 dias, requeira:

Cuidados médicos diários, de enfermagem permanentes;
Reabilitação intensiva;
Medidas de suporte respiratório, como oxigenoterapia e aspiração de secreções e ventilação não invasiva;
Prevenção ou tratamento de úlceras;
Manutenção e tratamento de estornas;
Cuidados por síndromes, potencialmente recuperá- veis a médio prazo, designadamente, depressão, confusão, desnutrição, eficiência e ou segurança da locomoção;
Programa de reabilitação funcional com duração previsível até 90 dias;
Tratamento por síndrome de imobilização.

 

Para Unidade de Longa Duração e Manutenção, a situação de dependência que em período superior a 90 dias requeira:

Cuidados médicos regulares e cuidados de enfermagem permanentes;
Cuidados de saúde, por patologia aguda e ou crónica estabilizada e défice de autonomia nas atividades da vida diária, com previsibilidade de internamento superior a 90 dias;
Cuidados por patologia crónica de evolução lenta, com previsão de escassa melhoria clínica, funcional e cognitiva;
Medidas de suporte respiratório, como oxigenoterapia e aspiração de secreções e ventilação não invasiva; Internamento, por apresentar algum dos seguintes síndromes: depressão, confusão, desnutrição/ problemas na deglutição, deterioração sensorial ou compromisso da eficiência e ou segurança da locomoção;
Internamento por dificuldades de apoio familiar ou necessidade de descanso do principal cuidador, não podendo a duração do(s) respetivo(s) internamento(s) ser de duração superior a 90 dias consecutivos, com o limite anual de 90 dias;
Programa de reabilitação funcional ao nível da manutenção.

Como se tem acesso à Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados

Se o utente estiver internado num Hospital:
A Equipa de Gestão de Altas (EGA) fará a proposta de ingresso (e referenciação) na Rede.

Se o utente estiver no Domicilio:
A proposta de ingresso (e referenciação) será feita pela equipa do Centro de Saúde (Médico de família ou Assistente Social).

Quais os recursos humanos?

Recursos Humanos – Equipa multidisciplinar:

Médicos
Médico Fisiatra
Enfermeiros
Assistente Social
Fisioterapeutas
Psicóloga
Terapeuta da Fala
Nutricionista
Animadora Sociocultural
Padre
Auxiliares de Ação Médica
Cabeleireira
Trabalhadoras Auxiliares
Administrativas
Vigilantes
Cozinheiras
Lavadeiras
Telefonista
Nota: A equipa de profissionais assegura a prestação de serviços 24h/dia e 365dias/ano.

RESERVA DE VAGA

A Reserva de Vaga em Unidades de Internamento da Rede Nacional de Cuidados Continuados e Integrados, é assegurada pelo período de 8 dias (seguidos).

Nas situações em que o último dia de reserva de vaga (8.º dia) coincidir com um Sábado/Domingo/Feriado, tem, nessas situações que transitar para o dia imediatamente a seguir.

O QUE DEVE TRAZER NO DIA DA ADMISSÃO?

No momento em que é formalizada a sua admissão e ao longo do internamento, os elementos da equipa da Unidade poderão solicitar-lhe a seguinte informação:

Cópia do Bilhete de Identidade
Cópia do Cartão do Utente
Cópia do Cartão de Beneficiário de Subsistema de Saúde (ADSE, SAMS ou outro), caso exista
Lista da medicação que está a tomar
Relatórios médicos que tenha em seu poder e se revelem necessários
Exames Complementares de Diagnóstico realizados anteriormente (radiografias, análises, eletrocardiograma), e que estejam na sua posse
Contacto dos seus familiares mais próximos

Em caso de necessidade, deve pedir a colaboração dos seus familiares, no sentido de fornecer a informação e documentos que lhe forem solicitados.

Que objetos de uso pessoal posso trazer?

Deve trazer:
Pijama ou camisa de dormir e chinelos;
Roupa interior;
Roupa para vestir durante o dia;
Artigos de higiene pessoal (pente ou escova de cabelo, copo e escova de dentes, pasta dentífrica, etc.);
Se tiver prótese dentária peça à enfermagem uma caixa própria para a guardar. Não embrulhe em papel ou lenço para impedir que, inadvertidamente, possa ir com a roupa suja ou mesmo para o lixo;

Pode ainda trazer:
Livros, revistas ou outros artigos;
Telemóvel.

É aconselhável que não traga objetos de valor ou elevadas quantias de dinheiro pois, no caso do seu desaparecimento, a Unidade de Cuidados Continuados não se responsabilizará pelo facto.

Para não incomodar os outros doentes, por favor reduza o som do seu telemóvel para tão baixo quanto possível.
Não é permitido fumar dentro das instalações das unidades de saúde.

Formação

A UCC investe desde a sua abertura na formação profissional e contínua dos funcionários.
Pretende-se que estejam muito bem preparados para enfrentar os desafios que possam surgir no contexto da sua atividade profissional.
A valorização da imagem do funcionário e da instituição nas mais variadas competências, situadas ao nível do saber-fazer, saber-estar e saber-ser, é uma preocupação constante da direção técnica.

Alimentação

A alimentação faz parte do processo de recuperação pelo que devem ser respeitadas as orientações dadas pela equipa de saúde, que terá sempre em conta o seu regime alimentar e as suas preferências.

A dieta fornecida pela Unidade é completa e equilibrada, pois é estabelecida de acordo com as suas necessidades nutricionais. No entanto, se preferir os alimentos que lhe trazem do exterior, deve comunicar ao Enfermeiro Coordenador, para que ele o possa informar sobre eventuais restrições decorrentes do seu estado de saúde.

As refeições são servidas no seguinte horário:
Pequeno- Almoço – 9:00m
Almoço – 12h:00m
Lanche – 16h:00m
Jantar – 19h:00m
Ceia – 22h00m

É fornecida alimentação de acordo com as necessidades de cada utente (Ex. diabéticos).
Se assim o desejar, os seus familiares diretos e/ou cuidadores podem permanecer junto de si durante as refeições, sempre que estas coincidam com o horário das visitas, e podem apoiá-lo, colaborando consigo na toma das refeições.

Assistência Religiosa e Espiritual

Qualquer que seja a sua confissão religiosa ou orientação espiritual pode pedir assistência dessa natureza durante o período de internamento.

No caso de professar a religião Católica, informamos que a UCCI Bragança dispõe de um Oratório (piso 0), e o capelão da instituição, caso seja solicitado, presta apoio espiritual.

Notícias

ATL Cinderela 2022

ATL Cinderela 2022

Estão abertas as inscrições para o ATL Cinderela 2022. Este é o melhor ATL do Verão! Abrir...

Dia da Mãe

Dia da Mãe

O Dia da Mãe é todos os dias, por isso, todas as Mulheres da Estrutura Residencial receberam um...

Utentes do CEE visitam museu

Utentes do CEE visitam museu

Alguns utentes do Centro de Educação Especial foram ao Museu Etnográfico Dr. Belarmino Afonso...

Pedido de informações

Pedido de informações

Envie as suas sugestões e/ou reclamações

Horário de visita

Visitas diárias

14h00 às 18h00

Fazer marcação de visita!

Contactos

Santa Casa da Misericórdia de Bragança
Unidade de Cuidados Continuados Integrados
Rua Emídio Navarro, Apartado 14
5300-210 Bragança
273 249 010