FAQ´s

 

Perguntas frequentes

 

 

Perguntas frequentes

 

Como se tem acesso à Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados?

 

Como se tem acesso à Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados?

  1. Se o utente estiver internado num Hospital:
  2. A Equipa de Gestão de Altas (EGA) fará a proposta de ingresso (e referenciação) na Rede.
  3. Se o utente estiver no Domicilio:
  4. A proposta de ingresso (e referenciação) será feita pela equipa do Centro de Saúde (Médico de família ou Assistente Social).

Quem tem direito aos cuidados continuados integrados?

 

Quem tem direito aos cuidados continuados integrados?

Para unidade de média duração e reabilitação, a situação de dependência que, na sequência de uma doença aguda ou reagudização de doença crónica, em período previsível de 30 dias a 90 dias, requeira: 

  1. Cuidados médicos diários, de enfermagem permanentes; 
  2. Reabilitação intensiva;
  3. Medidas de suporte respiratório, como oxigenoterapia e aspiração de secreções e ventilação não invasiva; 
  4. Prevenção ou tratamento de úlceras; 
  5. Manutenção e tratamento de estornas; 
  6. Cuidados por síndromes, potencialmente recuperá- veis a médio prazo, designadamente, depressão, confusão, desnutrição, eficiência e ou segurança da locomoção; 
  7. Programa de reabilitação funcional com duração previsível até 90 dias; 
  8. Tratamento por síndrome de imobilização.

 Para unidade de longa duração e manutenção, a situação de dependência que em período superior a 90 dias requeira: 

  1.  Cuidados médicos regulares e cuidados de enfermagem permanentes; 
  2. Cuidados de saúde, por patologia aguda e ou crónica estabilizada e défice de autonomia nas atividades da vida diária, com previsibilidade de internamento superior a 90 dias;
  3. Cuidados por patologia crónica de evolução lenta, com previsão de escassa melhoria clínica, funcional e cognitiva; 
  4.  Medidas de suporte respiratório, como oxigenoterapia e aspiração de secreções e ventilação não invasiva; 
  5. Internamento, por apresentar algum dos seguintes síndromes: depressão, confusão, desnutrição/ problemas na deglutição, deterioração sensorial ou compromisso da eficiência e ou segurança da locomoção; 
  6. Internamento por dificuldades de apoio familiar ou necessidade de descanso do principal cuidador, não podendo a duração do(s) respetivo(s) internamento(s) ser de duração superior a 90 dias consecutivos, com o limite anual de 90 dias; 
  7. Programa de reabilitação funcional ao nível da manutenção.

 

 

Quais os critérios de referênciação?

 

Quais os critérios de referênciação?

 Para unidade de média duração e reabilitação, a situação de dependência que, na sequência de uma doença aguda ou reagudização de doença crónica, em período previsível de 30 dias a 90 dias, requeira: 

  • Cuidados médicos diários, de enfermagem permanentes; 
  • Reabilitação intensiva;
  • Medidas de suporte respiratório, como oxigenoterapia e aspiração de secreções e ventilação não invasiva; 
  • Prevenção ou tratamento de úlceras; 
  • Manutenção e tratamento de estornas; 
  • Cuidados por síndromes, potencialmente recuperá- veis a médio prazo, designadamente, depressão, confusão, desnutrição, eficiência e ou segurança da locomoção; 
  • Programa de reabilitação funcional com duração previsível até 90 dias; 
  • Tratamento por síndrome de imobilização.

Para unidade de longa duração e manutenção, a situação de dependência que em período superior a 90 dias requeira: 

  • Cuidados médicos regulares e cuidados de enfermagem permanentes; 
  • Cuidados de saúde, por patologia aguda e ou crónica estabilizada e défice de autonomia nas atividades da vida diária, com previsibilidade de internamento superior a 90 dias;
  • Cuidados por patologia crónica de evolução lenta, com previsão de escassa melhoria clínica, funcional e cognitiva; 
  • Medidas de suporte respiratório, como oxigenoterapia e aspiração de secreções e ventilação não invasiva; Internamento, por apresentar algum dos seguintes síndromes: depressão, confusão, desnutrição/ problemas na deglutição, deterioração sensorial ou compromisso da eficiência e ou segurança da locomoção; 
  • Internamento por dificuldades de apoio familiar ou necessidade de descanso do principal cuidador, não podendo a duração do(s) respetivo(s) internamento(s) ser de duração superior a 90 dias consecutivos, com o limite anual de 90 dias; 
  • Programa de reabilitação funcional ao nível da manutenção.

Quais os serviços prestados?

 

Quais os serviços prestados?

 A intervenção realizada na UCCI da SCM Bragança engloba um corpo multidisciplinar de profissionais, desenvolvendo os seguintes serviços, nomeadamente:

  • Medicina,
  • Fisiatria,
  • Enfermagem 24h/dia,
  • Serviço social,
  • Fisioterapia 7 dias/semana (UMDR);
  • Apoio psicossocial ou psicológico,
  • Terapia da Fala,
  • Nutrição,
  • Animação Socio-cultural,
  • Serviços religiosos,
  • Serviço de Cabeleireira,
  • Apoio Administrativo;
  • Vigilância;
  • Serviço de cozinha e lavandaria;
  • Telefonista.
  • Outros serviços:
  • Gabinete de apoio aos Cuidadores - Cuidar +,
  • Avaliação Geriátrica Integral.

Nota: todos os serviços incluídos na mensalidade

Quais os recursos humanos?

 

Quais os recursos humanos?

 Recursos Humanos – Equipa multidisciplinar:

  • Médicos,
  • Médico Fisiatra,
  • Enfermeiros,
  • Assistente Social,
  • Fisioterapeutas,
  • Psicóloga,
  • Terapeuta da Fala,
  • Nutricionista,
  • Animadora Socio-cultural,
  • Padre,
  • Auxiliares de Ação Médica; 
  • Cabeleireira,
  • Trabalhadoras Auxiliares;
  • Administrativas;
  • Vigilantes;
  • Cozinheiras;
  • Lavadeiras
  • Telefonista.

Nota: A equipa de profissionais assegura a prestação de serviços 24h/dia e 365dias/ano. 

Como posso marcar uma visita (clique aqui) e preencha o formulário de contacto com os campos nome, email, no campo "mensagem" deixe a sua mensagem com data, hora, motivo/assunto.