Unidade de Cuidados Continuados

 

A abertura da Unidade de Cuidados Continuados Integrados (UCCI), em Setembro de 2014, veio alterar por completo o panorama dos cuidados de saúde no distrito de Bragança. A sua existência veio colmatar uma lacuna na área da saúde, não só no concelho de Bragança, como em toda a zona norte do distrito, proporcionando uma recuperação mais perto da área de residência aos doentes que necessitem de cuidados de saúde especializados.

Atualmente, a Unidade impõem-se pela qualidade dos seus serviços, fazendo a diferença nos cuidados de saúde não só no nordeste transmontano, mas também no país, pelo reconhecimento do seu trabalho.

A Unidade integra a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI) e dispõe de 40 camas protocoladas com o Ministério da Saúde e do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. 

Unidade de Média Duração e  Reabilitação - 15 camas

Unidade de Longa Duração e  Manutenção - 25 camas.

 

Objetivo:

A UCCI, a maior do distrito, é constituída por duas unidades de internamento, que têm como objetivo a prestação de cuidados de saúde e de apoio social, decorrente da avaliação conjunta, centrado na recuperação global entendida como o processo terapêutico e de apoio social, que visa promover a autonomia melhorando a funcionalidade da pessoa em situação de dependência, através da sua reabilitação, readaptação e reinserção familiar e social.

Objetivos específicos:

  1. Promover autonomia;
  2. Promover a reabilitação/readaptação;
  3. Reintegração das pessoas idosas e cidadãos em situação de dependência;
  4. Reforçar a participação e co-responsabilização dos seus familiares no processo de cuidados do utente.

 

Missão:

A UCC de Bragança identifica-se e assume o seu papel no cumprimento da seguinte Missão:

Prestar Cuidados Continuados Integrados a pessoas que, independentemente da idade, se encontrem em situação de dependência, tendo como finalidade a reabilitação, a readaptação e a reintegração social, tal como a provisão e manutenção de conforto e qualidade de vida, mesmo em situações irrecuperáveis.

Os cuidados prestados assentam nos paradigmas da recuperação global e da manutenção, entendidos como o processo ativo e contínuo e têm como objetivos específicos:

  • A melhoria das condições de vida e de bem-estar das pessoas em situação de dependência, através da prestação de cuidados continuados de saúde e/ou de apoio social;
  • O apoio, o acompanhamento e o internamento tecnicamente adequados à respetiva situação;
  • A melhoria contínua da qualidade na prestação de cuidados continuados de saúde e de apoio social;
  • O apoio aos familiares ou prestadores informais na respetiva qualificação e na prestação dos cuidados;
  • A articulação e coordenação com outros serviços, sectores e níveis de diferenciação.

Visão:

Promover a resposta social e de saúde forma sustentada, integrada numa rede de parceiros sociais e outras partes interessadas que, em sintonia, antecipem necessidades e expectativas com vista à sua satisfação.

Valores:

A UCC de Bragança observa, no desenvolvimento da sua atividade e administração, os seguintes princípios e valores:

Humanização dos cuidados – garantia do respeito pela dignidade humana, nomeadamente no que concerne ao direito dos/as Clientes/Utentes à sua privacidade, à confidencialidade da informação clínica, à preservação da sua identidade, à não discriminação e ao completo esclarecimento sobre a sua situação de saúde, para que possam decidir de forma livre e consciente sobre a concretização do que lhes é proposto;

Ética assistencial – cumprimento dos valores éticos e deontológicos que enquadram o exercício da atividade dos diferentes grupos profissionais;

Qualidade e eficiência – une o objetivo de elevado nível de qualidade e racionalidade técnica com a promoção da racionalidade económica e da eficiência;

Envolvimento da família – facilita, incentiva e apoia a participação da família, elemento determinante da relação humanizada, na definição e desenvolvimento do plano individual de cuidados do/a Cliente/Utente;

Continuidade e proximidade de cuidados – resposta às necessidades de cuidados numa perspetiva articulada de intervenção em Rede, mantendo, sempre que possível, os/as Clientes/Utentes dentro do seu enquadramento social e comunitário;

Rigor e transparência – relacionamento rigoroso e transparente com todos os interlocutores, consolidando assim a credibilidade institucional;

Responsabilização e hierarquização – promoção de uma cultura de responsabilização, comprometendo dirigentes, profissionais de saúde e demais colaboradores/as que desempenhem funções na Unidade no sentido de um escrupuloso cumprimento das normas, regulamentos e procedimentos definidos;

Multidisciplinaridade e interdisciplinaridade – promoção do trabalho de equipa como um dos pilares fundamentais para a melhoria contínua da qualidade e obtenção de ganhos em saúde;

Autonomia administrativa – desenvolvimento de uma gestão técnica e administrativa da UCC de Bragança autónoma das outras valências da Santa Casa de Misericórdia, com meios e orçamentos específicos.

Serviços prestados:

A intervenção realizada na UCCI da SCM Bragança engloba um corpo multidisciplinar de profissionais, desenvolvendo os seguintes serviços, nomeadamente:

  • Medicina,
  • Fisiatria,
  • Enfermagem 24h/dia,
  • Serviço social,
  • Fisioterapia 7 dias/semana (UMDR);
  • Apoio psicossocial ou psicológico,
  • Terapia da Fala,
  • Nutrição,
  • Animação Socio-cultural,
  • Serviços religiosos,
  • Serviço de Cabeleireira,
  • Apoio Administrativo;
  • Vigilância;
  • Serviço de cozinha e lavandaria;
  • Telefonista.

Outros serviços:

  • Gabinete de apoio aos Cuidadores - Cuidar +,
  • Avaliação Geriátrica Integral.
  • Nota: todos os serviços incluídos na mensalidade
  • Recursos Humanos – Equipa multidisciplinar
  • Médicos,
  • Médico Fisiatra,
  • Enfermeiros,
  • Assistente Social,
  • Fisioterapeutas,
  • Psicóloga,
  • Terapeuta da Fala,
  • Nutricionista,
  • Animadora Socio-cultural,
  • Padre,
  • Auxiliares de Ação Médica; 
  • Cabeleireira,
  • Trabalhadoras Auxiliares;
  • Administrativas;
  • Vigilantes;
  • Cozinheiras;
  • Lavadeiras
  • Telefonista.

Nota: A equipa de profissionais assegura a prestação de serviços 24h/dia e 365dias/ano. 

Formação

A UCC investe desde a sua abertura na formação profissional e contínua dos funcionários. Pretende-se que estejam muito bem preparados para enfrentar os desafios que possam surgir no contexto da sua actividade profissional. A valorização da imagem do funcionário e da instituição nas mais variadas competências, situadas ao nível do saber-fazer, saber-estar e saber-ser, é uma preocupação constante da direção técnica. 

 

POLÍTICA DE QUALIDADE - Consultar